O Silêncio do Campo (Um pequeno tributo ao eterno Quintana)

“E eis que, tendo Deus descansado no sétimo dia, os poetas continuaram a obra da Criação” – Mario Quintana

abrir e/ou salvar

Published in: on 2 de abril de 2010 at 14:13  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://umperegrino.wordpress.com/2010/04/02/o-silencio-do-campo-um-pequeno-tributo-ao-eterno-quintana/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Nesta poesia do Mario Quintana – O Silencio do Campo – tem uma música de fundo que eu gostaria de saber qual é.

    Poderiam responder-me.
    Muito Obrigada

  2. Durante praticamente toda a nossa vida passageira, sr.Peregrino tentamos viver aproveitar, ter consciência dos dons que recebemos e o que fizemos com eles. Não seria justo que quem escreva tantas indagações se apresente, dizendo quem é quem seja o elaborador do texto, não apenas o formatador?
    O grau dessa consciência passou certamente por transformações. Por que não partilhá-las para que se conheça os critérios e os caminhos dessa bonita e exemplar passagem.

    Mesmo assim existem tantos parâmetros, as religiões, a cristandade, os missionários e os peregrinos somos todos, por que não apresentamo-nos portanto?

    Clesio de Luca


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: